fbpx

Saiba tudo sobre a EEAR 2019

CFS – Curso de Formação de Sargentos 1/2020

Escola de Especialistas da Aeronáutica – FAB

 

Tudo que você precisa saber sobre a EEAR e o Edital que saiu em 2019!

Há 78 (setenta e oito) anos formando sargentos especialistas para a FABForça Aérea Brasileira. A EEAR Escola de Especialistas de Aeronáutica foi criada no mesmo ano que o Ministério da Aeronáutica, em 1941. De lá pra cá, a maior escola de ensino técnico da América do Sul, já formou quase 70 (setenta) mil militares.

Todos os anos, a EEAR abre oportunidades nas mais diversas áreas, como informática, administração, apoio logístico, proteção ao voo, música, guarda e segurança, saúde, entre outras, para atender as necessidades crescentes do Comando da Aeronáutica. Ao todo, são 28 especialidades, disputadas por candidatos de todas as regiões do Brasil.

Se o seu sonho é fazer parte da Aeronáutica e fazer o concurso EEAR, nós do UniPré Cursos Preparatórios preparamos este post completo para tirar todas as suas dúvidas sobre a EEAR 2019.

EEAR: O QUE É:

A Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), situada em Guaratinguetá, São Paulo – SP, e é uma instituição de ensino técnico, integrante do Sistema de Ensino do Comando da Aeronáutica e tem como missão formar e aperfeiçoar sargentos de carreira para a Força Aérea Brasileira – FAB.

O CFS – Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica é ministrado sob regime de internato militar, na EEAR, em Guaratinguetá-SP, com duração de aproximada de 02 (dois) anos e abrange instruções nos Campos Geral, Militar e Técnico-Especializado.

O EAGS – Estágio de Adaptação à Graduação de Sargentos, dura em média 24 (vinte e quatro) semanas, e o candidato deve ter concluído o curso técnico relativo à especialidade de interesse da Força Aérea Brasileira – FAB.

As vagas do CFS/EAGS não são regionais ou para determinada localidade. Os formandos serão distribuídos e classificados nas diversas OMs – Organizações Militares do  COMAER – Comando da Aeronáutica, abrangendo todo o território nacional, de acordo com a necessidade da organização.

COMO INGRESSAR:

A seleção é feita anualmente, por meio de um concurso de admissão de âmbito nacional, no qual são oferecidas vagas dentro de grupos de especialidades, que variam a cada ano.

RESUMO DO EDITAL:

QUADRO DE VAGAS E ESPECIALIDADES PREVISTAS PARA O CFS 1/2020.

OPÇÃO 01 – SOMENTE SEXO MASCULINO – AERONAVEGANTES

  • BMA – Mecânica de Aeronaves – 50 vagas
  • BMB – Material Bélico – 13 vagas

OPÇÃO 02 – SOMENTE SEXO MASCULINO – NÃO-AERONAVEGANTES

  • SGS – Guarda e Segurança – 30 vagas

OPÇÃO 03 – AMBOS OS SEXOS – NÃO-AERONAVEGANTES

  • BEV – Equipamento de Voo – 6 vagas

OPÇÃO 04 – AMBOS OS SEXOS – CONTROLE DE TRÁFEGO AÉREO

  • BCT – Controle de Tráfego Aéreo – 128 vagas

ESPECIALIDADES:

  • GBCT – Especialista em Controle de Tráfego Aéreo;
  • GBEP – Especialista em Estrutura e Pintura;
  • GBEV – Especialista em Equipamento de vôo;
  • GBEI – Especialista em Eletricidade e Instrumentos;
  • GBCO – Especialista em Comunicações;
  • GBFT – Especialista em Fotointeligência;
  • GBMA – Especialista em Mecânica de Aeronaves;
  • GBMB – Especialista em Material Bélico;
  • GBMT – Especialista em Meteorologia;
  • GBSP – Especialista em Suprimento;
  • GSCF – Especialista em Cartografia;
  • GSDE – Especialista em Desenho;
  • GSEM – Especialista em Eletromecânica;
  • GSGS – Especialista em Guarda e Segurança;
  • GSAI – Especialista em Informações Aeronáuticas;
  • GSML – Especialista em Metalurgia; e
  • Outras Especialidades que exigem curso técnico na área (Ex: Informática, Eletrônica, Administração, Eletricidade, Enfermagem, Música e Obras).

ETAPAS DO CONCURSO:

PROVAS ESCRITAS: 02 de Junho de 2019 (domingo).
Este Exame será constituído das seguintes etapas:
  • Provas Escritas: Língua Portuguesa; Língua Inglesa; Matemática; e Física;
  • INSPSAU – Inspeção de Saúde;
  • EAP Exame de Aptidão Psicológica;
  • TACF – Teste de Avaliação do Condicionamento Físico;
    • Homens:
      • Abdominal: 42 (quarenta e dois);
      • Flexão: 26 (vinte e seis);
      • Salto: 180 (centro e oitenta) cm (centímetros); e
      • Corrida (12 min): 2250 (dois mil, duzentos e cinquenta) m (metros)
    • Mulheres:
      • Abdominal: 34 (trinta e quatro);
      • Flexão: 16 (dezesseis);
      • Salto: 140 (cento e quarenta) cm (centímetros); e
      • Corrida (12 [doze] min [minutos]): 1850 (um mil, oitocentos e cinquenta) m (metros).
  • PHC – Procedimento de Heteroidentificação Complementar; e
  • Validação Documental.
  • Todas as etapas são de caráter eliminatório, sendo que o Exame de Escolaridade terá, também, caráter classificatório.

CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO:

  • Ser brasileiro;
  • Não ter menos de 17 (dezessete) anos e nem completar 25 (vinte e cinco) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula;
  • Ter concluído, com aproveitamento, o Ensino Médio do Sistema Nacional de Ensino.

As inscrições para o concurso acontecem geralmente, anualmente nos meses de fevereiro e março, e são feitas pela internet. Já estão abertas as inscrições para o concurso que ocorrerá no dia 02 Junho de 2019.

  • Período de inscrição: 18/02/2019 a 19/03/2019
  • Provas Escritas: 02/06/2019
  • Divulgação dos Gabaritos: 03/06/2019
  • Taxa de Inscrição: R$ 60,00 (sessenta reais)
  • Total de Vagas: 227

QUAIS OS BENEFÍCIOS DURANTE O CURSO:

  • Remuneração fixada em lei;
  • Alimentação;
  • Alojamento;
  • Fardamento; e
  • Assistência médico-hospitalar e dentária (exclusivamente para si).

Após concluir o CFS – Curso de Formação de Sargentos – em 02 (dois) anos – ou EAGS – Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento, o aluno terá direito a:

O militar é promovido a cada período de sete anos, passando de terceiro sargento para segundo e primeiro sargento, até a graduação de suboficial. Como suboficial ou primeiro sargento, pode concorrer ao EAOF – Estágio de Adaptação ao Oficialato e atingir o posto de Capitão. Para algumas especialidades, após dez anos, outra opção é o CFOE – Curso de Formação de Oficiais Especialistas, que pode levar o militar ao posto de tenente-coronel. Para isso, é necessário ter as promoções por merecimento e ser aprovado em concurso interno.

Fonte: EEAR

Artigos Relacionados: