Se seu sonho é ter uma carreira militar na Marinha do Brasil, hoje você descobre o que fazer para conquistá-lo!

Afinal, essa é uma das forças armadas brasileiras que realizam concursos públicos anualmente para chamamento de Oficiais e Praças.

Então, confira na sequência alguns truques e informações importantes para alcançar sua vaga. Boa leitura!

Como é a carreira na Marinha do Brasil?

Em primeiro lugar, saiba que para ingressar na Marinha do Brasil existem diversas possibilidades.

Porém, são duas instituições internas as responsáveis por estabelecer os processos seletivos.

Assim como, são elas que criam editais, prazos e demais informações sobre o ingresso. Então, constituem-se o:

  • Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha (SSPM);
  • Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais (CPESFN).

Por isso, é importante acompanhar o site dessas duas organizações e verificar quais são as vacâncias disponíveis.

Quais são os possíveis cargos?

Em segundo lugar, é fundamental entender que a carreira na Marinha do Brasil é dividida em Oficiais e Praças. Mas, com distinção de cargos e formação.

Sendo assim, é indicado dar uma olhada no site da SSPM para verificar a diferença entre as funções.

Oficiais

Assim, em resumo, é possível se tornar um Oficial nos seguintes corpos (Quadro de Oficiais ou Quadro Complementar de Oficiais, na maioria das áreas):

  • Intendentes: Segundo-Tenente a Vice-Almirante e Segundo Tenente a Capitão-Tenente;

 

  • Armada: Segundo-Tenente a Almirante-de-Esquadra ou Segundo-Tenente a Capitão-Tenente;

 

  • Fuzileiros: Segundo-Tenente a Almirante-de-Esquadra e Segundo-Tenente a Capitão-Tenente;

 

  • Saúde: Primeiro-Tenente a Vice-Almirante para os Quadros de Médicos. Depois, para os Quadros de Cirurgiões-Dentistas e de Apoio à Saúde, de Primeiro-Tenente a Capitão-de-Mar-e-Guerra;

 

  • Engenheiro Naval: Primeiro-Tenente a Vice-Almirante;

 

  • Auxiliar: são do Quadro Técnico e do Quadro de Capelães Navais, sendo Primeiro-Tenente a Capitão-de-Mar-e-Guerra. Já os Quadros Auxiliares da Armada e de Fuzileiros Navais, de Segundo-Tenente a Capitão-Tenente.

Praças

Porém, como Praça da Marinha do Brasil é possível ingressar como Grumetes das Escolas de Aprendizes-Marinheiros e os Marinheiros-Recrutas do Serviço Militar Inicial.

Assim, entram como Terceiro-Sargento nas áreas de Armada e Fuzileiro Naval.

Entretanto, como Auxiliar de Praças, entrarão os Marinheiros do Quadro-Suplementar e os Marinheiros-Recrutas com habilitação profissional em Curso de Aprendizagem Industrial de interesse da corporação.

Além disso, eles ingressam com graduação de Cabo, podendo ser formados em curso técnico ou Ensino Médio.

Oficiais x Praças da Marinha do Brasil

Dessa forma, saiba que a principal diferença entre os Oficiais e Praças da Marinha do Brasil está nas funções exercidas.

Então, de acordo com a força armada, os primeiros são responsáveis por funções estratégicas e de planejamento. Enquanto, os últimos, por executá-las.

Além disso, existe uma distinção também no grau de instrução e formação. Sendo, geralmente, o Oficial para Ensino Superior e o de Praça para níveis fundamental, médio e técnico.

Entretanto, quanto as formas de ingresso, geralmente elas são:

  • Concurso de Admissão;
  • Curso de Formação;
  • Estágio de Aplicação de Oficiais;
  • Processo Seletivo;
  • Por transferência, após seleção pela Comissão de Promoções de Oficiais;
  • Curso de Formação de Sargentos.

Outro ponto importante sobre o ingresso na Marinha do Brasil é que tanto homens quanto mulheres podem fazer parte dos quadros.

Então, qual o melhor concurso para ingressar na Marinha do Brasil?

Como você viu, existem diferentes formas de iniciar a carreira na Marinha do Brasil.

Entretanto, uma das mais procuradas e com certames anuais é a prova da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM).

Dessa forma, essa é uma instituição de ensino superior militar que tem o objetivo de formar Oficiais em duas áreas:

  • Náutica;
  • Máquinas.

Para ambas, o futuro oficial sairá graduado em Ciências Náuticas. Além disso, ao concluir a formação, integrará o Quadro de Oficiais da Reserva como 2º Tenente.

Então, para saber tudo sobre a EFOMM, é importante que você entenda que são duas escolas:

  • Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), no Rio de Janeiro, na capital;
  • Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA), em Belém, no Pará.

Assim, para ingressar na Marinha do Brasil pelo EFOMM é preciso:

  • Ser brasileiro nato;
  • Ter entre 17 e 23 anos até 01 de janeiro do ano seguinte ao concurso;
  • Ter Ensino Médio ou equivalente completo;
  • Não possuir condenação em sentença penal;
  • Não ser julgado “incapaz definitivamente” para o serviço militar obrigatório, entre outros pré-requisitos presentes em edital.

Conte com a Unipré para conquistar sua vaga

Por fim, agora que você já conhece a instituição é hora de se preparar! Então, conte com o curso online preparatório da Unipré para o certame da EFOMM.

Assim, com ele você terá acesso a 430 videoaulas atualizados com conteúdos previstos no edital da Marinha do Brasil. Além disso, acessará:

  • Plano de estudo semanal exclusivo;
  • Exercícios online;
  • Simulados;
  • Questões e provas corrigidas por vídeo;
  • Monitoria para tirar dúvidas;
  • Material didático especial;
  • Aulas ao vivo e muito mais!

Então, conheça, matricule-se e conquiste seu sonho!

Além disso, não se esqueça de verificar no site das organizações da Marinha do Brasil as outras vagas disponíveis. Até a próxima!